Benefícios

Emprego

Mais de cinco mil vagas de emprego diretas serão geradas durante a obra.

Economia

Com a nova ponte e os novos acessos viários, a economia da Bahia vai ser dinamizada. O PIB do estado que hoje é essencialmente concentrado na Região Metropolitana de Salvador vai ser melhor distribuído pelo interior baiano.

Turismo

As potencialidades turísticas de diversos municípios serão exploradas, principalmente na Região Metropolitana de Salvador, Recôncavo Sul e Baixo Sul.

Acessibilidade

A obra vai proporcionar uma ligação mais curta e rápida entre a capital e as rodovias BR-101, BR-116 e BR-242. A redução da distância de viagem será de cerca de 100 quilômetros.

Movimentação

Expectativa de atingir um fluxo de 28 mil veículos por dia já no início da operação. Em Salvador, a ponte será acessada na região de Água de Meninos. Na Ilha de Itaparica, a cabeceira do equipamento ficará na região da Gameleira.

Recorde

A ponte será a maior sobre lâmina d’água da América Latina

Municípios atendidos

Serão beneficiados diretamente pela obra 44 municípios do Recôncavo Sul, Baixo Sul e Região Metropolitana de Salvador. Vão ser atendidos 9,8 milhões de baianos, direta e indiretamente, da Região Metropolitana de Salvador, Recôncavo e do Baixo Sul